AUTOCONHECIMENTO É PAPO DE HOMEM



O Homem foi imbuído à figura do “sexo forte” desde os primórdios. Nossa sociedade vem se sustentando na formação de crenças históricas e coletivas que giram em torno da figura que foi destinada a caçar, ser provedora das mulheres e dos filhos, ser macho, não chorar, não demonstrar seus sentimentos, sustentando uma cultura machista e sim, repressora, emocionalmente, para o homem!

Esse ‘formato’ de sociedade vivido por milhares de anos é ainda um sério problema moderno. Os homens, na sua grande maioria, possuem mais dificuldade de perceber e acolher seu emocional, lidar com as sensações, por isso acredita mais no que veem e não no que sentem... denominamos eles mais racionais.

O culto ao provedor, forte e material, trouxe a falta de percepção daquilo que é invisível, mas profundamente influente e o faz valorizar mais o intelecto, ficando preso à mente racional, deixando muitas vezes as emoções por conta do ‘sexo frágil’. Por isso, a educação emocional está presente em cerca de apenas 20% dos homens da nossa sociedade e hoje, já podemos considerar esse número um avanço.

Além de todas essas crenças coletivas e inerentes à nossa sociedade, contamos ainda com todas aquelas que adquirimos desde que nascemos, pelas nossas experiências e observações. Rejeição na infância, por exemplo, pode ser um indicativo de escolhas equivocadas em relacionamentos, em que a pessoa tende a se sabotar e perder boas oportunidades profissionais por não se sentir merecedor ou que não tem valor.

Aqui está a chave importante para a nossa humanidade, nossa mente subconsciente, um mundo vasto e profundo, invisível, mas muito poderoso. Ela corresponde a cerca de 90% da nossa mente e não tem poder de escolha ou opinião. Ela simplesmente absorve, como uma esponja, as informações a que está exposta. Imagina então quantas crenças não são responsáveis por tantos comportamentos e o quanto não influenciam os fatos reias! Podemos notar nas diversas pesquisas quando o assunto é a diferença entre os gêneros.

Quando o assunto é profissional vivemos ainda uma vasta discrepância na liderança de empresas e cargos executivos no quesito homem – mulher e temos um agravante... a falta de educação e percepção emocional tornou o ambiente empresarial mais engessado de comunicação, com menos empatia, menos humanizado e doente. Não há tempo para sentir, não há tempo para ouvir o outro, não há tempo para a família, não há tempo para almoçar, nem hora pra chegar em casa. Por onde andam os propósitos e a felicidade?

Com uma sociedade mentalmente doente e individualista, hoje vemos empresas que investem em treinamentos que trazem autoconhecimento e abordam aspectos emocionais para funcionários de alto escalão, geralmente homens.

Foi diante dessa realidade, cada vez mais aparente desde que iniciei meus estudos em Programação Neurolinguística, Neurociência, Física Quântica e Thetahealing, que tive a ideia de fundir esses conhecimentos à minha experiência numa carreira corporativa, de liderança de mais de 700 colaboradores, com culturas e necessidades diferentes e tão carentes de uma escuta ativa e um direcionamento mais individualizado e humanizado.

Nasceu então, o Lidermind, um programa de desenvolvimento de autoconhecimento para líderes, executivos e empresários , homens e mulheres, justamente com a intenção de trabalhar as questões pessoais e emocionais, que são reflexos diretos na produtividade e performance no trabalho, desenvolvendo profissionais mais conscientes e completos.

Tenho agora a proposta de estender esse trabalho, que vem ganhando corpo a cada dia, para o relacionamento entre líderes e equipes, gerando um ambiente de comunicação mais seguro e por sua vez, produtivo.

Estamos trabalhando para expandir esses conhecimentos para que cada vez mais as pessoas, sobretudo os homens, se libertem dessa carcaça e estejam em paz com suas escolhas e a vida que escolher, pois não é possível estar bem consigo mesmo quando estamos carregados de sentimentos e padrões negativos acumulados do passado.

Meu amigo, autoconhecimento é papo de homem e assumir sua vulnerabilidade é um ato de coragem!

Faça parte desse movimento! E se sentir a vontade me mande sua história, vamos compartilhar nossas dores e nossa expansão... até breve!




Conheça um pouco como se iniciou meu caminho no autoconhecimento.





0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2023 por Renova Consultoria. Orgulhosamente criado com Wix.com